Pensamento do Dia

Aquele que pensa que é demasiado grande para fazer trabalhos pequenos é talvez demasiado pequeno para fazer trabalhos grandes. (Autor desconhecido)

Visitantes

HojeHoje108
OntemOntem281
Nesta semanaNesta semana1387
Neste mêsNeste mês5449
GeralGeral243725
BRT : Prefeitura desistiu de construir um dos três mergulhões

 

brt_barra

 

Mudanças à vista no projeto do BRT Transcarioca, corredor expresso exclusivo para ônibus articulados que ligará a Barra da Tijuca ao Aeroporto Internacional Tom Jobim. A prefeitura desistiu de construir um dos três mergulhões que estavam previstos na Avenida Ayrton Senna, na Barra, com o objetivo de transformá-la numa via expressa sem sinais. Para reordenar o trânsito nas ruas internas do bairro, a Secretaria municipal de Obras optou por uma solução mais barata no lugar de um mergulhão na faixa lateral sentido Barra, na altura do Shopping Via Parque: ali será construído um viaduto.

O objetivo das mudanças é cortar custos e tentar evitar que o projeto saia mais caro que o planejado. Os recursos economizados serão remanejados para canteiros cujas despesas já estão R$ 62 milhões, o que já está acima do previsto.  As informações sobre alterações no projeto foram levantadas durante visitas técnicas do Tribunal de Contas do Município (TCM).

As mudanças de projeto não são o único problema da Transcarioca. Na Avenida Salvador Allende, o alargamento de um trecho de pouco mais de cem metros da via está paralisado há mais de um mês. O motivo é que a prefeitura tenta remover, sem sucesso, os moradores da favela do Arroio Fundo. A Rio Águas chegou a intimar os donos dos imóveis a demolir suas casas, mas voltou atrás depois de ser notificada pela Defensoria Pública da União. Os moradores recorreram à Defensoria alegando que a comunidade que se originou de uma colônia de pesca tem mais de 80 anos e já solicitara ao governo federal a emissão de títulos de posse.

Previsto para ser inaugurado até a Copa do Mundo de 2014, o Transcarioca tem custo estimado em mais de R$ 1,5 bilhão, entre obras e desapropriações. As revisões de projeto atingiram o chamado Lote 1 (Barra-Penha), onde estão sendo gastos quase R$ 800 milhões. Além do mergulhão da Barra, a prefeitura desistiu de fazer um novo viaduto no bairro de Vicente de Carvalho.

Dos R$ 62 milhões remanejados, quase a metade será para cobrir despesas extras com os dois mergulhões em construção em frente à Cidade da Música, também na Avenida Ayrton Senna. Orçadas inicialmente em R$ 36 milhões, as obras vão custar agora R$ 66,9 milhões (R$ 30,2 milhões a mais). Segundo o TCM, o custo dobrou porque houve uma revisão nas técnicas de engenharia empregadas na construção dos dois mergulhões. Em Campinho, modificações no projeto de outro mergulhão, entre as ruas Cândido Benício e Domingos Lopes, exigirão gastos extras de R$ 19,5 milhões (de R$ 30,2 milhões para R$ 49,7 milhões). Já o alargamento do Viaduto Negrão de Lima, em Madureira, ficará R$ 11,6 milhões mais caro.

Segundo o TCM, uma das razões para as mudanças na obra pode estar no fato de o projeto básico ter sido concluído antes da concessão da licença ambiental. No caso do Viaduto Negrão de Lima, por exemplo, materiais de obras tiveram que ser substituídos devido a riscos de saúde pública já que o canteiro era muito próximo do Mercadão de Madureira, polo comercial do bairro.

Novo trecho no Via Parque, na área do kartódromo


No caso da Barra, o projeto que vai substituir o mergulhão prevê outras intervenções além de um viaduto. Um novo trecho da Avenida Via Parque será construído na área hoje ocupada por um kartódromo. A ideia é que sirva como retorno para os motoristas que seguem em direção à Linha Amarela ou a Jacarepaguá.

O Transcarioca não é o primeiro corredor BRT a ter o projeto modificado. No corredor Transoeste (Barra-Campo Grande-Santa Cruz), a prefeitura desistiu de construir um novo viaduto de acesso entre as avenidas das Américas e Benvindo de Novais. Além disso, adiou por tempo indeterminado a implantação do chamado lote zero da obra, entre o Jardim Oceânico e o shopping Cittá América.

 
  • comprare viagra online forum precio viagra argentina cialis generico en españa contra reembolso viagrq online sur quel site acheter du viagra er viagra receptpligtig cialis quanto costa viagra in amsterdam viagra wo kaufen comprar viagra españa
    1. cialis alternative cialis sublinguale comprar viagra paypal levitra bayer comprar cialis france acheter venditacialis farmacia italiana tadalafil fabriqué inde cialis kopi compro levitra vente viagra belgique